sábado, 15 de março de 2014

não é tristessa,

é uma febre na pele, costurada por dentro.

Um comentário: