terça-feira, 28 de setembro de 2010

Sendo



01:59.
Chega amanhã que é agora!
com sono,
contente,
aliviado.
Closer nos ouvidos
A música que lembra você
Lembra aquela sexta feira.
Nem quero pensar no sábado.
Por que fiz tudo aquilo?
Não irá se repetir.
Faz frio.
Hoje eu vi dois filmes.
Alice é lindo. O outro é um filme Ok.
Amanhã não trabalho - hoje - agora.
Porei ordem na minha vida acadêmica.
Comprarei um livro de poesias,
Tirarei o Saldo no banco do brasil, na Universidade.
Vou sorrir, escutar a nova seleção de músicas no celular.
Provavelmente pegar um ônibus lotado, sentir cheiros
Sentir medo, abaixar a cabeça, olhar para os lados.
Provavelmente eu ficarei até à noite, provavelmente.
Por que estou descrevendo tudo?
Sei lá.
Hoje também eu escrevi. E foi vivível. Eu gostei. Eu vivi.
Dediquei a uma amiga. Ela faz cinema e me apresentou Ruiz.
Acabei de comer uma fatia de pão.
Olhei para os meus livros, tirei o dvd do dvd.
deitei na cama, levantei, sentei na cama.
Pus o computador nas pernas,
Detalhei.
Li Cortazar.
Closer me mata, sabia?
Vou tirar Kings Of Leon dos ouvidos.
Vou desligar o computador
e
A labuta do pensar na vida vai começar.
Um
Beijo, até logo.
Sejam, vivam!
Exclamação.
Magno,
Eu
.

Um comentário:

Analice Lean disse...

é pra viver, é só pra empurrar a existência por mais 24 horas que leio você.Você é lindo,lindo,lindo!