domingo, 5 de setembro de 2010

Explosão!



É fato comprovado, testado, prescrito e vivido: não dou para as ordens, sou do caos. Lamentavelmente?
Eu só sei fazer o meu diferente que se configura como estranho, torto e levemente sujo. Sou um e sofro de fortíssimos complexos de paradigma. Sou difuso, bifásico e anacrônico para a vida. Sinto em mim um pesar tão forte que se forma um abismo - em mim - com pontas  tão pontiagudas que arranham a cada centímetro de dia: todos os dias, os dias passam e pesam. Falta-me algo por dentro. Por dentro, sinto algo que sopra e o sopro vai até o final, faz um eco e volta. E dói saber que a minha sina é esperar os dias passarem e só.
Do que sei eu sobre o existir:
Só sei que sinto, arranha e no dia seguinte, quando acordo, sinto que retrocedi um milímetro.
Do que sei eu sobre o sentir:
Sinto e é vasto.

Desculpem, preciso ir agora, antes que eu suje vocês com os meus pensamentos e gritos tortos.  Mas deixo um beijo carinhoso em cada um que tem me lido e falado comigo.
Trago aqui duas dicas para quem gosta de fotografia e mais pensamentos:
&
Vejo vocês mais tarde. Cuidem-se e sejam!

2 comentários:

Marcio Nicolau disse...

"...Cada, estrela se espanta à própria explosão
Gente é muito bom
Gente deve ser o bom
Tem de se cuidar
De se respeitar o bom
Está certo dizer que estrelas
Estão no olhar
De alguém que o amor te elegeu
Pra amar (...)
Gente quer comer
Gente que ser feliz
Gente quer respirar ar pelo nariz
Não, meu nego, não traia nunca
Essa força não
Essa força que mora em seu
Coração
Gente lavando roupa
Amassando pão
Gente pobre arrancando a vida
Com a mão
No coração da mata gente quer
Prosseguir
Quer durar, quer crescer,
Gente quer luzir (...)
Gente é pra brilhar,
Não pra morrer de fome
Gente deste planeta do céu
De anil
Gente, não entendo gente nada
Nos viu
Gente espelho de estrelas,
Reflexo do esplendor
Se as estrelas são tantas,
Só mesmo o amor..."

(Caetano Veloso)

Bruno Dezinho disse...

Um homem e seus conflitos. Sua alma sensível transpatece nas suas palçavras muito bem escritas. Parabéns.